LOGO RBBB

Eventos

RBB nas Redes Sociais

facebook-logo twitter-logo delicious-logo youtube-logo

Conectando

Conectando Mundos é uma proposta didáctica de Educação para a Cidadania Global desenvolvida por quatro Organizações Não Governamentais europeias: Ucodep (Itália), Intermón Oxfam (Espanha), Inizjamed (Malta) e CIDAC (Portugal). Na edição de 2008/2009, participaram 84 escolas e 2958 alunos/as de todo o país na proposta didáctica "Conectando Mundos". Na presente edição gostaríamos de aumentar o número de professores/as e alunos/as de todo o país.

Continuar...

Livro electrónico











Chama-se Zii MediaBook, é o futuro leitor de livros electrónicos da Creative e quer distinguir-se da concorrência através de um ecrã táctil, funcionalidades multimédia e conversão de texto para voz.
Alçada








"O Acordo Ortográfico vai ser introduzido de uma forma serena, terá de haver uma adaptação dos livros, dos recursos de educação", afirmou Isabel Alçada. "Haverá um acordo com calendário e a sociedade, professores, pais e crianças serão devidamente informados sobre todo o processo", esclareceu. A ministra da Educação realçou que "não é preciso as pessoas terem ansiedade [pois] as coisas correm bem. O Acordo Ortográfico foi celebrado e iremos introduzi-lo com conhecimento prévio, com muita antecedência".

Continuar...

Cervantes














O escritor mexicano José Emilio Pacheco, distinguido com o Prémio Cervantes, acolheu com satisfação e surpresa o galardão, dizendo destinar-se "a toda a literatura mexicana". "Quero deixar claro que este prémio é para toda a literatura mexicana, que não sai muito das nossas fronteiras", disse, ao tomar conhecimento de que lhe fora atribuído o Prémio, o mais importante das Letras hispânicas.

Continuar...

Paulo T Pinto










Após ter fechado o negócio de compra das editoras Verbo e Ulisseia, Paulo Teixeira Pinto não fecha a porta a futuras aquisições que o promovam do quinto grupo para melhor posição. "Babel" é o nome da holding que vai gerir as editoras que Paulo Teixeira Pinto tem adquirido desde que se envolveu no negócio do livro. Para o editor, não vai haver grandes mudanças a nível editorial e a única característica que o norteará será "tornar-se o melhor e não o maior. Nunca uma edição comercial ou popularucha".

Continuar...