LOGO RBBB

Eventos

RBB nas Redes Sociais

facebook-logo twitter-logo delicious-logo youtube-logo

69989776 2965243643549525 783507274374053888 n

Foi inaugurada no passado dia 3 de Setembro, na Biblioteca Municipal, a exposição “Joshua Benoliel: repórter parlamentar 1904-1926”. Esta exposição, organizada pelo Museu da Assembleia da República, pretende mostrar o trabalho do autor, considerado, por muitos, o pai do fotojornalismo português. A apresentação da exposição esteve a cargo do Dr. Miguel de Sousa Lara e do Dr. Francisco de Lencastre e Távora, curadores do Museu da Assembleia da República.

 

Joshua Benoliel nasceu em Lisboa a 13 de janeiro de 1873 no seio de uma família judia. Efetuou a cobertura jornalística dos grandes acontecimentos da sua época, acompanhando os reis D. Carlos I e D. Manuel II nas suas viagens ao estrangeiro, a Revolução de 1910, as revoltas monárquicas durante a Primeira República, o Sidonismo e a participação portuguesa na I Guerra Mundial.

 

A referida exposição estará patente até ao próximo dia 27 de Setembro. A entrada é livre.

IMG PROMOCAO TOMI

Vai decorrer no próximo dia 3 de setembro, pelas 16:00h, na Biblioteca Municipal, a inauguração da Exposição “Joshua Benoliel: um repórter parlamentar – 1904-1926”.

Joshua Benoliel foi um destacado jornalista e fotógrafo, descendente de uma família hebraica estabelecida em Cabo Verde, sendo-lhe atribuído o estatuto de precursor e criador da reportagem fotográfica em Portugal. Neste contexto, fez a cobertura jornalística dos grandes acontecimentos da sua época, nomeadamente no que se refere ao acompanhamento dos reis D. Carlos e D. Manuel, aquando das suas viagens ao estrangeiro, a par dos episódios relacionados com a revolução de 1910, para além  das revoltas monárquicas durante a República. Acompanhou ainda as movimentações do exército português que combateu na Flandres por ocasião da Primeira Guerra Mundial. Da colaboração mantida com o Diário de Lisboa e o Jornal O Século, através da revista ilustrada publicada por este periódico entre 1906 e 1918 e de 1924 até ao seu falecimento. Joshua Benoliel colaborou ainda com o Ocidente e o Panorama, tendo a sua ação influenciado e impulsionado decididamente o fotojornalismo no nosso País. Trata-se pois, de uma oportunidade única para contactar de perto com esta fase da história do fotojornalismo português, conhecendo de perto o trabalho desenvolvido por um dos seus principais mentores, que se procura assinalar e dar a conhecer. Faleceu em Lisboa em 3 de fevereiro de 1932. A 13 de Dezembro de 1921 foi feito Oficial da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada.

 

A entrada é livre.

64356025 438354980332639 7611057961229615104 n

A menina e os três ursinhos da autora Vaijayanti Savant Tonpe, foi o livro escolhido para a última atividade de leitura do projeto “Ler+ Mais ajuda-te a crescer” no ano letivo que agora termina. Foram realizadas mais de 90 sessões ao longo de todo o ano.
Esta obra, que nos fala sobre a Amizade conta a história de uma menina com caracóis de ouro que se perdeu na floresta e foi ter a uma casa cujos habitantes tinham saído. E experimentou o que encontrou até ficar confortável...

1

A direção de turma e os encarregados de educação dos alunos do 5º Ano A do Agrupamento de Escolas de Mondim de Basto, promoveram no passado dia 14 de junho um sarau cultural na Biblioteca Municipal. Com diversas atividades de animação, teatro, magia, leitura e multimédia, o objetivo segundo nos contou Fernanda Queirós, Diretora de turma e organizadora do evento, passou por “envolver os encarregados de educação e famílias no processo educativo dos alunos, transportando para fora da escola, aprendizagens, competências e experiências”.